Orelha de abano: como corrigir sem cirurgia

quanto custa correção de orelha

Orelha de abano: como corrigir sem cirurgias?

 

A orelha de abano ou proeminente é uma alteração anatômica bastante comum que acomete por volta de 5% da população. Além da orelha ser mais afastada da cabeça, criando uma falta de harmonia no contorno facial, as próprias estruturas anatômicas que formam o pavilhão auricular podem estar mal definidas. A orelha de abano ou proeminente tem caráter hereditário, ou seja, é comum que membros da mesma família apresentam essa alteração.

Como identificar a orelha de abano?

–   Identificando se a orelha está projetada para frente: Nesse tipo de problema, a orelha não fica em sua posição natural, afinal, ela possui uma deformidade natural e uma rotação nas fibras de estruturação.

– Percebendo o nível de projeção: É preciso que você entenda qual é o nível da projeção da orelha, afinal, ela poderá ter vários níveis.

– Procurando um médico especializado: É importante fazer um acompanhamento especializado. Procure um médico e veja quais são as opções de tratamento disponíveis.

A orelha de abano tem cura?

A boa notícia é que existe tratamento para a orelha de abano. A otoplastia pode ser realizada a partir dos seis aos sete anos de idade, quando o procedimento já não influencia no crescimento da parte externa do ouvido.

A otoplastia nada mais é que o termo médico para se referir à cirurgia plástica das orelhas. Além de ser indicado para corrigir a proeminência na região, o procedimento é realizado para solucionar outros problemas, como sequelas de traumas.

Geralmente, a cirurgia das orelhas requer anestesia local com sedação. Inicialmente, os médicos realizaram uma incisão na parte de trás, de acordo com a dobra cutânea natural. Depois, o excesso de pele é retirado e o ligamento da cartilagem é feito.

Se necessário, a cartilagem também é retirada para diminuir o tamanho da orelha. Por fim, os pontos de fixação são feitos para possibilitar o fechamento da pele. Na maior parte dos casos, eles são internos e absorvíveis. Por esse motivo, eles não precisam ser retirados.

Como diminuir a orelha de abano naturalmente?

Existem algumas maneiras para você disfarçar a orelha de abano ao longo dos anos, algumas delas são: 

  • Truques de estética

Muitas pessoas utilizam simples truques com o cabelo que ajudam a disfarçar a orelha de abano. É claro que não irá resolver, porém é uma excelente alternativa para quem se sente incomodado e não quer optar por uma cirurgia.

Lembrando que apenas recomendo tais medidas para pessoas que realmente sentem que sua qualidade de vida é prejudicada por conta das orelhas de abano. Variar o penteado e optar por um cabelo mais volumoso é portanto a opção número um de como diminuir a orelha de abano naturalmente.

  • Posição na hora de dormir

Essa é na verdade uma forma de prevenir orelhas de abano. A posição na hora de dormir nos primeiros dias de vida pode ser um fator determinante no formato definitivo que a orelha do bebê terá. Isso ocorre pois a cartilagem ainda não está completamente formada e pode ser portanto moldada.

É recomendado não deixar o bebê deitado somente de um lado por muito tempo, mas pela mesma quantidade de ambos os lados. É importante lembrar que esse procedimento não corrige a orelha, somente irá prevenir possíveis deformidades.

  • Earwell – Tratamento sem cirurgia

Essa técnica não é tão conhecida quanto as outras formas de como diminuir a orelha de abano naturalmente, porém talvez seja a melhor delas! O tratamento de orelha Earwell não está há muito tempo no Brasil, mas tem conquistado cada vez mais adeptos.

Trata-se de um tratamento natural (não exerce intervenção cirúrgica) nos primeiros dias de vida. Como a cartilagem do bebê ainda é amolecida, é usado um molde para corrigir muitos tipos de deformidades, inclusive a orelha de abano!

Mas é importante lembrar que ele só funciona quando o diagnóstico é precoce, de preferência até os primeiros 30 dias de vida.

  • Earblip

A técnica é realizada sem cortes e sem a necessidade de bloco cirúrgico. O paciente retorna às suas atividades normais no dia seguinte e no dia seguinte apenas fica de repouso, não é necessário afastamento. Não há necessidade de pós operatório e é indolor, realizada sob anestesia local. O resultado é imediato e permanente após a cicatrização. Nossos casos reais deixam claro o incrível ganho estético imediato. 

No site earblip.com.br você encontra todas as informações sobre como esse procedimento é realizado e como você pode mudar a sua vida com ele. 

É seguro usar cola na orelha?

Acredite ou não, pessoas utilizam colas instantâneas de alta resistência e secagem rápida na parte de trás da orelha para deixá-las próximas do rosto. 

Essa técnica é utilizada por pessoas que não querem passar por procedimentos médicos ou não possuem condições financeiras para isso. Assim, elas podem prender o cabelo, fazer um penteado diferente ou até deixá-lo mais liso, sem realçar a orelha de abano.

Esse truque causa dor e desconforto, podendo queimar e deixar a pele com lesões sérias como deformações definitivas na orelha.

Como funciona o procedimento cirúrgico? Vale a pena?

É uma cirurgia plástica para corrigir a proporção, posição ou forma das orelhas, com objetivo de torná-las mais proporcionais à fisionomia. Além da estética, é possível tratar defeitos, como a ausência de parte do órgão causados por traumas ou até mesmo de nascença, em alguns casos.

Quem pode fazer?

A cirurgia só pode ser feita em crianças maiores de 6 anos, devido ao seu processo de formação. É nessa idade que esse tecido deixa de crescer e os riscos de o problema voltar são menores.

Além disso, qualquer pessoa com bom estado de saúde e que tenha problemas congênitos na área, sofreu um acidente ou simplesmente está insatisfeita com essa parte do rosto está apta para realizar o procedimento.

Como é o antes e depois da otoplastia?

A otoplastia é segura e dura cerca de 30 min, possibilitando ao paciente receber alta no mesmo dia. Após sair do hospital, é necessário utilizar a faixa por alguns dias e evitar traumas no local, assim, como atividades onde se possa ter contato físico com outras pessoas, como prática de esportes, por exemplo, por cerca de dois meses.

O efeito final da cirurgia dependerá do que incomoda e o que o paciente deseja. É visível já nos primeiros dias, mesmo com inchaço, mas o que ficará mais próximo do definitivo pode ser observado depois de 30 dias. Os resultados finais e completos podem ser percebidos em cerca de 6 meses.

Confira abaixo alguns artistas que aderiram a essa técnica: 

  • Juliano Cazarré

  •  Gareth Bale

  •  Daniel Alves

  •  Alessandra Ambrósio

  •  Brad Pitt

É normal que o paciente apresente uma leve assimetria entre as orelhas, assim como pessoas que não tiveram problemas com orelha de abano possuem. Isso não compromete a harmonia da face.

Muitas pessoas, porém, não conseguem realizar o processo cirúrgico por ser mais invasivo. Por isso a EARBLIP com sua técnica exclusiva e inovadora dos EUA agora diretamente no Brasil. Acesse  earblip.com.br e conheça mais sobre esse método!

Vimos neste artigo que atualmente temos uma infinidade de possibilidades de correção desse problema. O importante é sempre procurar métodos seguros, consultar profissionais capacitados para realizar qualquer procedimento cirúrgico ou não.

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recent posts
Our Gallery